...

   Notícias


02/04/2014

   Acampamentos clandestinos registrados na área do Parque Estadual Fritz Plaumann


Fato que vem preocupando a gestão do Parque Estadual Fritz Plaumann no ano de 2014 são os inúmeros registros de atores clandestinos na área interna ao Parque, principalmente nas divisas com o Rio dos Queimados, onde os mesmos adentram o local para fins correlacionados a atividades criminosas como a caça, e a pesca (proibida na área do Parque e na sua Zona de Amortecimento), e por vezes acampando no local.

No monitoramento realizado pela ECOPEF no mês de março, na área interna ao Parque, próximo a comunidade rural de Linha 29 de Julho evidenciou-se dois locais utilizados por clandestinos, contendo vestígios de fogueiras e acampamento, em uma das estruturas identificou-se que os mesmos utilizaram borracha provinda de pneus para combustão. 

Fogueiras representam uma grande ameaça à conservação da floresta do Parque, podendo ocasionar queimadas e se espalhar de forma descontrolada na floresta, que em muitos locais encontra-se em estado de recuperação e/ou em plena conservação, interferindo e ameaçando diretamente a diversidade e integridade do ecossistema local.

 A ECOPEF em parceria com a FATMA desempenha desde 2008 o monitoramento de transgressões ambientais, onde são realizadas rondas em locais estratégicos do Parque Estadual Fritz Plaumann, a fim de identificar e registrar práticas clandestinas ilegais na área interna a Unidade de Conservação bem como em suas divisas.



Comentários