...

   Notícias


18/07/2020

   Ocorrência de Cervídeos no Parque Estadual Fritz Plaumann


No mundo existem 56 espécies de cervídeos conhecidas, e que inclui os alces, renas e corças. Enquanto no Brasil há oito espécies conhecidos como cervos e veados, que são bastante parecidos, pois suas diferenças são sutis, relacionadas ao tamanho do corpo e estruturas corporais. A principal característica dessa família é a presença de chifres, que de modo geral são mais significativos nos machos e discretos ou ausentes nas fêmeas.

De acordo com registros do banco de dados da fauna do Parque Estadual Fritz Plaumann, elaborado e executado pela Ecopef sob anuência do órgão gestor, o IMA - Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina, compreendido também em seu plano de manejo, e evidenciado por pesquisadores na Unidade de Conservação, até o ano de 2014, foi comprovado o registro e a ocorrência de duas espécies de cervídeos, o Mazama gouazoubira,  conhecido em nome comum por  Veado-virá ou catingueiro e o Mazama nana, nome comum, Veado-poca ou Veado-mão-curta. Já o Mazama americana, Veado-mateiro ou Veado-pardo, até então era considerado de provável ocorrência pois havia sido mencionado apenas em entrevistas por moradores do entorno, neste ano teve seu primeiro registro na gleba não insular do Parque, a partir da imagem ilustrada na matéria.

Destaca-se que a espécime é categorizada em perigo pela lista de fauna ameaçada de extinção do Estado de Santa Catarina, sendo que os principais fatores de ameaça a este animal é a perda de habitat, caça, atropelamentos e zoonoses transmitidas pelos bovinos.

 

Conheça os detalhes das espécies de cervídeos encontradas e registradas na região do Parque Estadual Fritz Plaumann: 

Veado-mateiro (Mazama americana):

O veado-mateiro pode pesar mais de 35 kg e 70 cm de altura. De pelagem avermelhada, possuem regiões brancas embaixo da cauda, na parte interna dos membros, na região frontal da boca e dentro das orelhas. Alimentam-se de frutos, folhas, flores e fungos.

Veado-poca (Mazama nana):

Possuindo no máximo 15 Kg de peso corporal, o veado-poca e é a menor espécie do gênero, possuem hábitos noturnos e crepusculares, são geralmente solitários, territorialistas e sedentários. Possuem pelagem avermelhada com o ventre marrom-claro e quase sem pelos brancos, exceto na cauda. O Veado-poca possui a parte anterior do corpo mais baixa que a posterior. Alimentam-se de flores, folhas e frutos.

Veado-virá (Mazama gouazoubira):

 

Essa espécie é encontrada em bordas de mata, vassourais, banhados e outros tipos de vegetação aberta. Geralmente são diurnos, solitários e fortemente territorialistas, terrículas e bons nadadores. O Veado-virá pesa cerca de 18 kg e mede em média 50 cm. Sua pelagem pode variar de cinza escuro até marrom avermelhado, além de tons claros de bege e cinza. Sua característica mais marcante é uma mancha branca sobre os olhos Alimentam-se de folhas, frutos, flores e fungos. A caça é a principal ameaça a esta espécie.



Comentários